Vendedor de livros

 

Ele era catador de papel e encontrava livros no lixo. Não conhecia o real valor da leitura. Até que resolveu começar a vendê-los, em uma esquina de Belo Horizonte, a preço popular. A vida do Odilon mudou e a de muita gente também.

Maíra Lemos e o vendedor de livros de rua, conversam, em uma esquina, com os livros dele ao lado

Parece uma instalação artística. Em uma esquina, na região da Savassi, em Belo Horizonte, centenas de livros estendidos no chão. A cena chama atenção de todo mundo. Alguns apenas olham, visitam lembranças dos tempos de colégio, da infância. Ouros, mais curiosos, saudosos amantes do livros de papel, querem logo saber o que é.

É o Odilon vendendo livros usados por apenas 5 reais, qualquer título.Antigo catador de papel, ele descobriu o real valor da leitura ao começar a vender o que encontrava na esquina. Hoje, recebe doações e a sua !livraria! cresceu, ocupando toda a esquina.

O papo com o Odilon, vendedor de livros, você confere abaixo: