O que tem em Sabará?

Sabará tá bem ali, pertinho de BH! E cheia de árvores abarrotadas de jabuticabas, poesias, construções históricas e pernilongos...

Sabará

 

Este aí varrendo o quintal é o Fernando! Um figurassa, que nos recebeu, em um domingo de muito sol, em Sabará, a 19 quilômetros de Belo Horizonte. Ele usa uma vassoura de ferro, que parece um garfo gigante, para juntar as cascas e os caroços das centenas de jabuticabas que caem das duas árvores da casa dele. É tanta fruta, que a família e os vizinhos dele comem, fazem geleia, os animais se alimentam (passarinhos, micos, jacús e até morcegos) e ainda sobra um monte, caídas no chão.

 

Sabará tem essa cultura local curiosa. Toda casa tem um pé de jabuticaba. Basta andar nas ruas observando para comprovar e, claro, provar! Eu comi tanta jabuticaba nos lugares que visitamos, que nem consegui almoçar... Subindo nos pés, me senti criança novamente. Me lembrei de quando eu passava horas catando jabuticaba no alto do pé da casa do meu padrinho, na companhia dos meus primos, no bairro Padre Eustáquio. A jabuticabeira é uma árvore muito convidativa para uma escalada. É cheia de galhos finos porém firmes.

Mas o passeio em Sabará vai além dessa deliciosa fruta. O centro histórico da cidade é maravilhoso! Merece ser conhecido e admirado, de preferência, no fim de tarde. 

E para completar nosso dia, fomos ainda em um cantinho de natureza exuberante, que mistura poesia e natureza. Vocês vão entender melhor assistindo ao vídeo abaixo... E se resolverem visitar a cidade, não se esqueçam de levar repelente... Fez uma falta danada pra gente...rs